SM

O Sistema Nacional de Saúde (SNS) português está organizado em rede, cabendo aos Cuidados de Saúde Primários (Centros de Saúde e USFs) o primeiro contacto com a população em geral.

 

Os Centros de Saúde dispõem de equipas multidisciplinares, compostas por diferentes profissionais: médicos de família, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, entre outros. Os médicos de família estão preparados para tratar problemas/perturbações mentais, ou então se for necessário encaminhar para consulta de Psiquiatria ou para o Serviço de Urgência.

 

Várias situações clínicas justificam o acompanhamento em consulta de Psiquiatria. É fundamental que se estabeleça uma relação de confiança entre o médico e o doente que permita a discussão do projeto terapêutico mais adequado. Se já é acompanhado em consulta, é importante conhecer os canais de comunicação com o serviço (telefone, e-mail, outro) para reportar intercorrências, obter receitas dos medicamentos ou ainda solicitar alteração da data da próxima consulta.

 

O Serviço de Urgência é reservado a situações graves e que requerem uma resolução imediata. É importante saber qual o Serviço de Urgência mais próximo ao qual pode recorrer em caso de necessidade.

E ainda:

 

- Grupos/Organizações de apoio e auto-ajuda podem constituir um suporte importante e fornecer o aconselhamento necessário. Procure saber se existe algum grupo próximo de si e que seja indicado para a sua situação clínica. Em caso de dúvida discuta esta questão com o seu médico assistente. É importante que estes grupos tenham a supervisão de terapeutas habilitados.

 

- Linhas telefónicas de apoio como a linha Saúde 24 (808 24 24 24 - todos os dias 24 horas/dia) é um serviço de triagem, aconselhamento e encaminhamento, assistência em Saúde Pública e informação geral de saúde para todos os utentes do SNS. A linha SOS Voz Amiga (21 354 45 45 / 91 280 26 69 – diariamente das 16 às 24h) está vocacionada para ajuda na solidão, angústia, desespero e prevenção do suicídio.

 

- Família, amigos e pessoas próximas:  pode ser útil encontrar apoio em familiares ou amigos que lhe sejam próximos. Partilhar a sua situação com pessoas em quem confia, pode fazer com que se sinta mais apoiado  e facilitar pedir ajuda a essas pessoas em caso de necessidade. Será mais fácil ser ajudado pelos outros se estes souberem o que se passa consigo.

COMO PEDIR AJUDA?

 

Se sofre ou conhece alguém que sofre de uma perturbação mental, é importante saber como pode procurar ajuda.

OH5IPL0