SM

DEPRESSÃO

 

Como distinguir a tristeza normal da depressão?

A tristeza ou o desânimo podem surgir depois de um acontecimento de vida específico (habitualmente negativo). Têm a duração de poucos dias e num curto espaço de tempo são atenuados.

 

Na depressão, nem sempre existe um acontecimento associado e estes sintomas mantêm-se no tempo, com intensidade progressiva e interferem no dia-a-dia, provocando grande sofrimento para o próprio e preocupação para os que o rodeiam.

 

 

Quais são os sintomas que podem surgir na Depressão?

* Tristeza persistente, “sensação de vazio”

* Falta de esperança ou pessimismo

* Choro fácil

* Falta de interesse/prazer com qualquer atividade

* Cansaço/Falta de energia

* Irritabilidade

* Sentimentos de culpa, ruína, “de que não vale a pena”

* Preocupações/medos infundados de tudo

* Ideias de agressão ao próprio, de morte e de suicídio

* Perda do apetite e do peso (ou aumento)

* Dificuldade em adormecer ou acordar muito cedo; ou excesso de sono

* Diminuição do desejo e funcionamento sexual

* Alterações da atenção, concentração e memória

* Queixas psicossomáticas (por exemplo: queixas de dores, queixas digestivas)

* Ideias de convicção inabalável sobretudo negativas

* Ouvir vozes sem estar ninguém presente sobretudo com conteúdo negativo

 

 

As pessoas que estão deprimidas têm falta de força, de vontade ou preguiça?

Não se trata de nenhuma destas coisas, mas sim de não conseguir fazer por falta de energia. Pode-se confundir alguns sintomas da depressão com preguiça.

 

 

Quando e a quem devo pedir ajuda?

Muitas das pessoas com depressão não procuram esta ajuda porque têm vergonha ou não reconhecem como sintoma (de depressão) ou acham que é uma fraqueza. É bom reconhecer os sintomas numa fase inicial e assim procurar ajuda o mais cedo possível de modo a intervir precocemente. Peça ajuda ao seu médico assistente – médico de família ou psiquiatra – assim como à sua rede social – família, amigos, colegas de trabalho – para que lhe possam dar apoio na procura de ajuda e tratamento adequado.

Download do folheto sobre a Depressão. Leia e divulgue! ANSIEDADE PERTURBAÇÃO BIPOLAR P. OBSESSIVO-COMPULSIVA DEPRESSÃO ESQUIZOFRENIA PSICOSES SUICÍDIO E AUTOAGRESSÃO ECTs ÁLCOOL
DISFUNÇÃO SEXUAL
PERTURBAÇÃO DE JOGO