SM

TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL

 

O que é a terapia cognitivo-comportamental?

 

A terapia cognitivo-comportamental é uma abordagem psicoterapêutica que combina técnicas cognitivas e comportamentais e que se baseia no princípio de que a forma como pensamos (cognição), como sentimos (emoção) e como agimos (comportamento), interagem entre si.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vejamos, se uma pessoa estiver sempre a pensar que quando vai andar de elevador este pode avariar e pode ficar “presa” (pensamento), irá sentir medo (emoção) quando tiver de o fazer, podendo mesmo evitar fazê-lo (comportamento).

 

Este exemplo mostra como determinados pensamentos negativos podem causar-nos sofrimento e ter consequências negativas no nosso dia-a-dia.

 

Como funciona esta terapia?

 

Um dos objetivos principais da terapia cognitivo-comportamental é demonstrar às pessoas que, embora não possam controlar todos os aspetos do mundo ao seu redor, podem assumir o controlo de como pensam, interpretam e interagem com o ambiente que os rodeia. Para tal, são aprendidas formas de identificar, analisar e modificar padrões de pensamentos disfuncionais, que influenciam negativamente o comportamento e as emoções.

 

Os padrões de pensamento disfuncionais ou negativos desenvolvem-se ao longo da vida de pessoa, tornando-se crenças que regem e afetam diversos aspetos do funcionamento diário como o trabalho, a escola e a relação com os outros.

 

Em conjunto com o terapeuta, a pessoa é encorajada a identificar e desafiar padrões de pensamentos negativos e comportamentos que interferem com o seu modo de funcionamento. São encontrados pensamentos alternativos mais adaptativos para substituir os pensamentos que causam sofrimento, permitindo uma mudança na forma como a pessoa se sente em relação a determinadas situações e na forma como age.

 

Quais as suas indicações?

 

A terapia cognitivo-comportamental tem indicação numa variedade de perturbações mentais, nomeadamente:

•Ansiedade

•Ataques de pânico

•Fobias

•Perturbação Obsessivo-Compulsiva (POC)

•Perturbação de Stress Pós-Traumático (PTSD)

•Depressão

•Adições

•Perturbações do comportamento alimentar

 

O que posso esperar deste tipo de psicoterapia?

 

A terapia cognitivo-comportamental baseia-se numa abordagem prática, estruturada, dirigida a problemas específicos e focada nos objetivos estabelecidos conjuntamente pelo terapeuta e utente. O terapeuta tem um papel ativo, colaborativo e educativo.

 

Para a obtenção de melhores resultados, é importante que a pessoa esteja disposta a dedicar algum tempo e esforço na realização de tarefas que são habitualmente solicitadas pelo terapeuta entre cada sessão. Estas tarefas têm como objetivo ajudar a pessoa a reconhecer o impacto dos pensamentos no seu comportamento.

 

Um dos grandes benefícios é a aquisição de ferramentas que poderão vir a ser úteis ao longo da vida da pessoa, tornando-a mais autónoma na gestão de problemas e de situações de vida adversas.

 

A TCC funciona sem medicação?

 

Em determinadas situações, nomeadamente de ansiedade e depressão, a TCC pode ser recomendada como tratamento de 1ª linha, sem associação de medicação. Noutros casos, utiliza-se uma combinação dos dois, de forma a garantir o melhor tratamento possível para o problema em questão. Discuta as diferentes possibilidades com o seu médico assistente.

 

 

 

 

 

 

 

 

MEDICAÇÃO T. COGNITIVO-COMPORTAMENTAL Captura de ecrã 2019-06-27, às 17.19.58 ELETROCONVULSIVOTERAPIA